Seduzir com prazer

Ao criar este blogue, a ideia foi partilhar a minha experiência adquirida ao longo de 15 anos de frequência em sites, chats e redes sociais. Teclei, conversei, conheci muitas pessoas e vivi experiências que foram a vertente prática da minha aprendizagem. A net, com a possibilidade de nos relacionarmos anonimamente, veio trazer novas formas de interagirmos uns com os outros.

O objetivo deste blog é, através da partilha, ajudar a que todos nós compreendamos melhor esta nova realidade, e com isso estimular a reflexão de temas como o amor, o sexo e os relacionamentos em geral. Assim, publicarei algumas histórias por mim vividas, reflexões, informação que ache relevante, históricos de conversas, e algumas fotos sensuais de corpos de mulheres com quem troquei prazer e que tive o privilégio de fotografar. Todos os textos e fotos que vou publicando, não estão por ordem cronológica, e podem ter acontecido nos últimos 15 anos ou nos últimos dias. Todas as fotos e conversas publicadas, têm o consentimento dos intervenientes.

As imagens publicadas neste blogue estão protegidas pelo código do direito de autor, não podendo ser copiadas, alteradas, distribuídas ou utilizadas sem autorização expressa do autor.


20.5.16

R027 Relacionamentos com grande diferença de idades

A atracção sexual ou até emocional entre pessoas com grande diferença de idades, sempre foi uma realidade ao longo dos tempos. Se num passado recente era uma situação tabu e que os envolvidos tinham que manter em segredo, com a possibilidade de se relacionarem anonimamente através das novas tecnologias, o relacionamento entre pessoas com grande diferença de idade ganhou um novo fôlego.

É natural que as pessoas mais novas se sintam atraídas por pessoas mais velhas, porque os mais velhos são normalmente pessoas interessantes, experientes e menos egoistas . Todos nós vamos melhorando com a idade, sejamos homens ou mulheres. Melhoramos como pessoas, melhoramos sexualmente, em sabedoria e sobretudo em inteligência emocional.

O preconceito que existe contra este tipo de relacionamentos é alimentado por todos os que não tem nada a ver com esses relacionamentos. É alimentado pelas pessoas mais velhas que não gostam de ser trocadas pelas mais novas, é alimentado pelos pais que não gostam de ver os seus filhos a namorarem com pessoas das idades dos pais, é alimentado pelos filhos que não gostam de ver os seus pais a namorarem com pessoas da idade dos filhos. É alimentado pelas pessoas mais novas que gostariam ter um relacionamento com pessoas mais velhas e não conseguem, e alimentado pelas pessoas mais velhas que gostariam de ter um relacionamento com pessoas mais novas e não conseguem.

Se repararmos bem, o preconceito é alimentado por todas as pessoas externas a esses relacionamentos, e motivados quase sempre pela inveja, ciúme ou pela tentativa de controlo da vida dos outros. Quando gostamos de alguém que se relaciona com outra pessoa com grande diferença de idade, podemos conversar no sentido de os alertamos para os problemas que daí podem resultar, mas se gostamos das pessoas e se as queremos ver felizes, não devemos interferir nas suas opções e na sua felicidade.

Se os relacionamentos entre pessoas com grande diferença de idade podem ter alguns inconvenientes, principalmente se a ideia for fazer vida em comum, já que os objectivos de vida podem ser muito diferentes, a verdade é que também traz muitas vantagens, principalmente a nível sexual, tanto para os mais novos como para os mais velhos. Uma das maiores, senão a maior vantagem, é a aprendizagem que os mais novos podem ter com os mais velhos. Tal como um professor ensina e partilha os seus conhecimentos com os mais novos, ou os pais ensinam os filhos, também numa relação entre uma pessoa jovem e uma pessoa com grande diferença de idade pode ser muito gratificante em termos de aprendizagem a nível sexual e emocional. É uma forma de passar conhecimentos e experiências para as gerações mais novas.

Já é tempo de todos compreendermos esta temática e combatermos o preconceito. Cada um deve ser livre de se relacionar com quem quiser sem sofrer o estigma da discriminação e sem ter que esconder da sociedade o seu relacionamento qualquer que ele seja.

4 comentários:

Anónimo disse...

Concordo com tudo o que está descrito nesta reflexão!
Já passei por isso pois tenho um relacionamento com um homem com mais 14 anos do que eu, e no início foi muito complicado pois o preconceito é enorme. Mas juntos conseguimos ultrapassar tudo e todos!!!!!

Parabéns pela magnífica abordagem que fizeste deste tema.

Bjinho

Susana

xarmus disse...

Olá Susana,

Obrigado pelo teu comentário. Ainda bem que conseguiram manter o vosso relacionamento contra todas a adversidades.

Beijinho

Anónimo disse...

Qt ao sexo aprendi muito com o facto de ter comigo uma pessoa mais velha!!!!
Mas no entanto acho que aínda tenho muito para aprender!!!!
Podes-me ensinar qq coisinha??????

Bjinho

Susana

xarmus disse...

Posso claro... eu adoro ensinar.

beijinho