Seduzir com prazer

Ao criar este blogue, a ideia foi partilhar a minha experiência adquirida ao longo de 15 anos de frequência em sites, chats e redes sociais. Teclei, conversei, conheci muitas pessoas e vivi experiências que foram a vertente prática da minha aprendizagem. A net, com a possibilidade de nos relacionarmos anonimamente, veio trazer novas formas de interagirmos uns com os outros.

O objetivo deste blog é, através da partilha, ajudar a que todos nós compreendamos melhor esta nova realidade, e com isso estimular a reflexão de temas como o amor, o sexo e os relacionamentos em geral. Assim, publicarei algumas histórias por mim vividas, reflexões, informação que ache relevante, históricos de conversas, e algumas fotos sensuais de corpos de mulheres com quem troquei prazer e que tive o privilégio de fotografar. Todos os textos e fotos que vou publicando, não estão por ordem cronológica, e podem ter acontecido nos últimos 15 anos ou nos últimos dias. Todas as fotos e conversas publicadas, têm o consentimento dos intervenientes.

As imagens publicadas neste blogue estão protegidas pelo código do direito de autor, não podendo ser copiadas, alteradas, distribuídas ou utilizadas sem autorização expressa do autor.


30.8.14

IS027 O segredo do desejo num relacionamento a longo prazo

Deixo-vos aqui um video da Esther Perel que uma amiga me enviou. Apesar de eu achar que não apresenta soluções práticas para a resolução do problema da falta de desejo em relacionamentos de longo prazo, dá uma dicas, e essencialmente fala da temática com grande pragmatismo. Levanta questões para as quais a grande maioria das pessoas não tem resposta, e para as quais muitas pessoas têm a resposta errada.

Porque é que o bom sexo desaparece em casais que continuam a amar-se?
Porque é que uma boa intimidade não é garantia de bom sexo?
Pode desejar-se aquilo que já se tem?

Vale a pena ver este filme e pensar acerca do tema. Já é tempo de encararmos o problema de frente, reavaliarmos o que aprendemos acerca do amor e do sexo, e aceitarmos de vez que as coisas não são como nos ensinaram, e como muitos de nós pensam que funcionam.

Para quem tem dificuldade com o inglês, pode clicar no símbolo do youtube, e lá accionar as legendas em Português. A tradução é uma desgraça mas dá para entender a coisa.... Desfrutem.



2 comentários:

Anónimo disse...

Por razões obvias tenho de comentar este post...

Quando as duas pessoas da relação aceitarem que o amor não chega, que a chama se apaga e que o desejo desvanece com o tempo então talvez sejam parte da solução.

Existe sexo sem amor, assim como existe amor sem sexo. Os casais "sensuais" que ela refere conseguem combinar ambos, mas com muito esforço e criatividade.

Acredito piamente que a mulher deve ser amiga do parceiro, mas não a melhor amiga e nunca transparente. O melhor de nós não é visivel, e o enigma é o melhor dos afrodisíacos.

Mariluu

xarmus disse...

Olá Mariluu... de facto, tomar consciência disso já é um passo importante, mas é sempre difícil seguir uma regra nestas coisas, porque é sempre tudo muito relativo. Cada casal vai ter que encontrar a sua própria solução.