Seduzir com prazer

Ao criar este blogue, a ideia foi partilhar a minha experiência adquirida ao longo de 15 anos de frequência em sites, chats e redes sociais. Teclei, conversei, conheci muitas pessoas e vivi experiências que foram a vertente prática da minha aprendizagem. A net, com a possibilidade de nos relacionarmos anonimamente, veio trazer novas formas de interagirmos uns com os outros.

O objetivo deste blog é, através da partilha, ajudar a que todos nós compreendamos melhor esta nova realidade, e com isso estimular a reflexão de temas como o amor, o sexo e os relacionamentos em geral. Assim, publicarei algumas histórias por mim vividas, reflexões, informação que ache relevante, históricos de conversas, e algumas fotos sensuais de corpos de mulheres com quem troquei prazer e que tive o privilégio de fotografar. Todos os textos e fotos que vou publicando, não estão por ordem cronológica, e podem ter acontecido nos últimos 15 anos ou nos últimos dias. Todas as fotos e conversas publicadas, têm o consentimento dos intervenientes.

As imagens publicadas neste blogue estão protegidas pelo código do direito de autor, não podendo ser copiadas, alteradas, distribuídas ou utilizadas sem autorização expressa do autor.


15.4.12

IS006 Os pontos do prazer

Andei à procura de textos que falassem das zonas de prazer. Li muitos textos e opiniões diversas, mas este pareceu-me bem. 

Embora isto tudo pareça muito técnico, é bom que conheçamos estas matérias, não só para entendermos melhor o prazer, como para irmos tentando melhorar a nossa performance sexual no sentido de darmos prazer às nossas parceiras/os. O saber também não ocupa lugar, nem faz mais peso.

“Há lugares escondidinhos da nossa anatomia que provocam sensações para lá de prazerosas, mas são pouco explorados pela cabeça, corpo e principalmente pelos parceiros. "Cada mulher tem que descobrir o seu próprio ponto de prazer, porque não há um lugar fixo para todas as mulheres. Por tentativa, cada uma deve perceber de que jeito é mais gostoso e estimula melhor a vagina, já que não há uma posição específica que sirva para todas", afirma Glene, lembrando que a cada 100 mulheres que conseguem atingir o orgasmo, 70% delas atingem o clitoriano, centro óbvio do prazer feminino. "O corpo humano é um abecedário completo de prazer", conclui. 

Depois dessa matéria, você vai poder mostrar exactamente onde ele deve tocar e pagar na mesma moeda, tocando nos pontos G, H, Y, Z. Enfim, um monte de letrinhas para chegar a uma só: o T, dos grandes. Desvende-o! 

Ponto G 

O ponto de Grafemberg foi apelidado carinhosamente de ponto G para os mais íntimos. Segundo a sexóloga Marilene Vargas, ele está localizado na entrada da vagina, mais ou menos a 3 centímetros da porta de entrada: "Imaginando um relógio, está entre as 11 e 13 horas. É formado por seguimentos nervosos e glândulas de Skene. Apresenta uma textura diferente, mais fofa, que se incha quando estimulada". 

Ela compara o ponto G ao botão de start do motor do orgasmo vaginal. Sobre a polémica acerca do tema e o fato de alguns médicos alegarem que o ponto G não existe, Marilene é taxativa: "Todo mundo tem ponto G, quem diz o contrário é porque não soube procurar direito!", provoca.

Ponto P 

Bem pertinho do ponto G, só um pouco mais adiante, fica o ponto P. Já ouviu falar? "Formado pelos ramos da glândula de Skene, é um ponto um pouco menor e, para conseguir detectá-lo, é preciso conhecimento do corpo e muita prática", afirma a sexóloga. Uma vez frente a frente com o tal ponto, ninguém vai ter dúvidas de que achou o danado: segundo a sexóloga, a sensação de prazer obtida é muito diferente do comum e há relatos de ondas crescentes de prazer. Oba!

Ponto Y 

No fundo da vagina fica localizado o chamado ponto Y, perto do colo do útero. "Durante o orgasmo ocorre o descolamento do muco cervical e o homem sente um jacto quente derramando-se na ponta do pénis", explica Marilene, acrescentando que isso costuma acontecer entre o 10º e o 18º dia do ciclo menstrual, quando a quantidade de muco é maior. Ao contrário do que se pode imaginar, a médica garante que não é necessário que o parceiro seja do time dos bem-dotados para conseguir alcançar o ponto lá no fundo. "Basta que o casal seja compatível anatomicamente", afirma ela.

Ponto S 

É mais conhecido pelas sociedades hindus e chinesas. "Sabe-se pouco sobre o ponto de Saspandra. Apenas que ele fica no terço posterior da vagina e é mais um lugar a ser explorado e provocar sensações prazerosas", resume Marilene, uma vez que não há um estudo histológico mais aprofundado nesse caso…”

Bel Vieira (itodas)

Como nas minhas pesquisas encontrei o ponto G masculino, aproveito para o publicar juntamente com o texto dos pontos de prazer femininos. Assim serve para todos. 

“Ponto G masculino

A maioria dos homens, devido a preconceitos não querem nem pensar no tal ponto estimulante, por conta da ligação directa com práticas homossexuais e do medo de que sua masculinidade seja testada. E aí, realmente, é um passo para estragar o prazer.
Supõe-se que o tal ponto do prazer fique na parede anterior do recto, em frente à glândula prostática. Ou seja, um lugarzinho de "difícil acesso" para muita gente. "Para localizar esta região, ao introduzir o dedo no ânus, na parede anterior (em direcção ao pénis) na profundidade de 2 a 3 cm, é palpada uma elevação do tamanho de uma noz (a glândula prostática)

Os dedos ajudam no prazer, mas a manipulação sexual pode ser realizada também com plugs anais e acessórios como dildos (pénis artificiais), de maneira suave.

Para facilitar a penetração e evitar que o atrito ocasione lesões, o uso de um lubrificante é indispensável. A dica é apostar em algum gel à base de água. A saliva é uma opção, mas geralmente insuficiente em quantidade.

E é bom ficar claro que uma pessoa só é considerada homossexual quando sente atracão por outra do mesmo sexo e não pelas regiões do corpo que permite tocar.”

Mulher universo

Agora, meninos e meninas, vamos lá procurar estes pontinhos e começar a praticar uns nos outros, a ver se começamos a viver a nossa sexualidade com mais prazer.

6 comentários:

Anónimo disse...

Eu gostava de descobrir esses pontos todos! ahahah
Mas também existem outros muito engraçados, e de mais fácil acesso, em que a probabilidade de ter prazer é quase 100% garantida..:)

Rakel*

xarmus disse...

É verdade minha querida... nesses de fácil acesso, não é provável... é certinho mesmo... não falha.

Beijo

Anónimo disse...

Pontos... e áreas...

Porque um corpo não se reduz aos genitais (ou aos genitais e mais um ou 2 sítios - mamas e cuzinho...); um corpo é um espaço enooooooooorme. Tem pescoço (hummmm)... tem orelhas (ui!)... tem peito (céus!)... tem costas (!!)... tem nuca... tem umbigo... e por aí fora...

e... também tem 'alma' (por assim dizer)

e é ela que sente...

Como alguém muito bem disse, o maior orgão sexual é o cérebro!

Beijos Xarmus, por todo o corpo ;)

Maria42

xarmus disse...

É isso tudo minha querida... e viva o prazer.

Beijos para ti também... onde tu gostas.

Anónimo disse...

ola xarmus, gostas de ser estimulado no anus enquanto te fazem um broche?
desculpa la fazer esta pergunta :p
beijocas Odete*

xarmus disse...

Depende... da pessoa com quem se está, e a confiança que existe entre os dois, e da forma como isso é feito. É tudo relativo.

Não sou muito adepto desse tipo de práticas, mas já experimentei e gostei.

Beijocas