Seduzir com prazer

Ao criar este blogue, a ideia foi partilhar a minha experiência adquirida ao longo de 15 anos de frequência em sites, chats e redes sociais. Teclei, conversei, conheci muitas pessoas e vivi experiências que foram a vertente prática da minha aprendizagem. A net, com a possibilidade de nos relacionarmos anonimamente, veio trazer novas formas de interagirmos uns com os outros.

O objetivo deste blog é, através da partilha, ajudar a que todos nós compreendamos melhor esta nova realidade, e com isso estimular a reflexão de temas como o amor, o sexo e os relacionamentos em geral. Assim, publicarei algumas histórias por mim vividas, reflexões, informação que ache relevante, históricos de conversas, e algumas fotos sensuais de corpos de mulheres com quem troquei prazer e que tive o privilégio de fotografar. Todos os textos e fotos que vou publicando, não estão por ordem cronológica, e podem ter acontecido nos últimos 15 anos ou nos últimos dias. Todas as fotos e conversas publicadas, têm o consentimento dos intervenientes.

As imagens publicadas neste blogue estão protegidas pelo código do direito de autor, não podendo ser copiadas, alteradas, distribuídas ou utilizadas sem autorização expressa do autor.


25.6.12

R014 Engatar na net

22: 32 xarmus diz: (flor)
Olá
22: 32 Rute diz: oi
22: 33 xarmus diz: ainda não tínhamos falado?
22: 33 Rute diz: nop
Achei a tua mensagem muito engraçada fartei de rir lol
22: 33 xarmus diz: obrigado, faz-se o que se pode.
22: 34 Rute diz: tens jeito para escrever e pareces ser um homem inteligente e com sentido de humor
o que procuras la no site
22: 34 xarmus diz: Eu não procuro nada de especial, mas estou aberto a tudo
Amizades, conversas, e sexo claro. Gosto de conhecer pessoas e de saber o que pensam, o que fazem, e se encontrar alguém que me interesse e que tenha algum interesse em comum… vamos nessa vanessa
22: 35 Rute diz: eu não preciso de vir pra net para ter sexo
Espanta-me que um homem como tu precise de vir á net para dar umas quecas
Essa foto e tua?
22: 35 xarmus diz: Bem… eu precisar, não preciso… mas o melhor sitio para arranjar sexo, é mesmo na net.
também posso arranjar pão num lado qualquer, mas o melhor sitio, é mesmo na padaria
22: 35 Rute diz: achas?
22: 35 xarmus diz: sim a foto é minha… e sim.. acho
22: 36 Rute diz: tens um bom corpo para a idade
22: 36 xarmus diz: aliás… não acho… tenho a certeza mesmo
Onde é que tu arranjas gajo para dar umas quecas?
22: 36 Rute diz: sei la os amigos dos amigos
discotecas
posso ver se o gajo me agrada
nestes sites a malta mete sempre fotos que não são deles ou fotos bue antigas
acho que pela net vamos mesmo as cegas
22: 37 xarmus diz: não podias estar mais errada… às cegas vais tu numa discoteca.
A teclar e de forma anónima, podes saber muita coisa do gajo…. saber como é ele no sexo, se ele gosta de lamber, se tem ejaculação precoce, inclusivamente se é preconceituoso ou liberal, se tem bom ou mau feitio… se é meiguinho ou violento, do que gosta, do que não gosta… e fazes isso completamente defendida porque estás longe dele. Vais teclando na segurança e conforto da tua casa… até teres vontade de o conhecer pesoalmente.
Numa discoteca, vais para o carro dele, ele põe-te a mamar, vem-se e tu nem tens direito a mais nada.
22: 39 Rute diz: tu nao tens papas na língua
Ja me aconteceu isso lol

Esta conversa continuou, mas para introduzir o tema, foi suficiente este bocadinho. Como curiosidade, esta rapariga que não precisa de ir para a net para arranjar sexo, lá se fartou de curtir comigo 3 dias após esta conversa. Se não fosse na net, nunca me tinha conhecido, porque não temos amigos em comum, nem eu vou engatar para discotecas.

No decorrer de conversas que vou tendo com mulheres que vou conhecendo na net, acontece com muita frequência dizerem-me com muito orgulho que para terem sexo não precisam de vir para a net, como se fosse uma vergonha procurar sexo na net. É mais uma daquelas coisas que muita gente diz, mas que muito pouca gente pensou. Ainda está muito enraizado nas cabeças de muita gente que quem vem procurar sexo na net são os coitadinhos que não conseguem arranjar de outra forma. Eu arranjo sexo na net por opção, e não por não conseguir arranjar fora da net. Nunca tive dificuldade em engatar onde quer que seja, mas prefiro escolher com quem me embrulho. E quando digo escolher não é apenas pelo aspecto físico, que é como engatamos numa discoteca, mas sim conhecer a pessoa conversando, que graças ao anonimato consegue ser mais verdadeira, e dizer sem receios ou vergonhas, o que realmente pensa e sente em relação ao sexo. As primeiras conversas que tenho com mulheres que conheço na net e que publico aqui no blog, são um bom exemplo disso.

Se pensarmos um bocadinho, é fácil perceber que a net é o melhor sitio para se encontrar parceiro. Um site de relacionamentos, onde as pessoas se inscrevem para conhecer outras pessoas com os mesmos interesses, é de facto o local próprio para se conhecer quem está disponível e receptivo a travar conhecimento. Há sites mais vocacionados para amizades e outros mais vocacionados para o sexo, mas em todos eles as pessoas estão disponíveis para conhecer outras pessoas com os mesmos interesses. É como pescar num aquário.

Qual é afinal a melhor forma para uma mulher arranjar alguém para se enfiar na cama? Ir para a cama com os amigos dos amigos? Com o João da padaria? Com colegas de trabalho ou da escola? Com o marido da vizinha de baixo? Ir para a discoteca ver se é engatada por alguém que lhe agrade? Em que é que estas formas de arranjar parceiro sexual são melhores, mais legitimas, mais dignificantes ou até mais seguras do que conhecer alguém anonimamente na net? Não são. Se pensarmos um bocadinho facilmente percebemos que estas formas de arranjar parceiro sexual têm muitos inconvenientes.

A net é de facto o melhor sítio para se arranjar parceiro sexual, principalmente para as mulheres, e para quem a discrição é essencial. Pela net as mulheres podem conhecer homens anonimamente, na segurança da sua casa, conversar do que quiserem, perguntar o que quiserem, testar o homem de diversas formas. Podem ir teclando até terem a confiança suficiente para um encontro. Enquanto não sentirem essa confiança, podem ir protelando o encontro, e são livres de nunca chegarem a ter esse encontro se o homem não lhes agradar, ou não lhes inspirar confiança. Como as conversas são entre anónimos, é muito mais fácil as pessoas desinibirem-se e conversarem de temas que com pessoas conhecidas ou pessoalmente não conseguiriam falar. A net é de facto a forma mais segura e inteligente de conhecer pessoas com os mesmos interesses, e encontrar parceiros para diversas finalidades.

Podem ver fotos, ver o aspecto através da Web cam e se de facto o homem agradar e preencher os requisitos, marcar um encontro num local público para se conhecerem pessoalmente. Se decidirem avançar, o sexo é muito mais desinibido, sem compromissos nem obrigações, em que tudo fica no segredo dos deuses, e em que os dois são livres de não voltarem a ver o outro se assim entenderem, sem constrangimentos.

Nos sites de relacionamos tenho encontrado mulheres com interesse em trocar prazer, mas também tenho feito muitas amizades. Na generalidade dos casos, as pessoas são mais sinceras, e conversam acerca de qualquer tema sem tabus, falam das suas preocupações e dão opiniões verdadeiramente sinceras, sem hipocrisias e sem a mascara do dia a dia, que têm que usar no trabalho, na família, e às vezes até com os "amigos".

xarmus

18 comentários:

Luís Coelho disse...

Cada um terá a sua técnica e quando se propõe um objectivo basta traçar o caminho para lá chegar.

Um dialogo com visões diferentes mas agradáveis de ler onde sobressai bastante erotismo.

violeta disse...

Concordo com tudo.

Também procurei sexo na net, e os sites em que todos estão à procura de sexo deixam tudo mais transparente.

A troca de mails é de facto fundamental para o «conhecimento» e aquilo a que eu chamo a sedução do intelecto, não basta ser giro e dizer-me «és tão boa quero comer-te».

Partilham-se as fantasias, o que se gosta mais e o que se gosta menos, o que já se fez e o que se quer fazer e repetir.

Além dos pormenores práticos, como por exemplo, se fuma, logo à partida nunca continuava o diálogo com fumadores, salvo uma excepção que se revelou muito boa.

Quando se parte de facto para o encontro a adrenalina deste conhecimento é melhor que muitos preliminares, já vamos no ponto...

Cheguei a ir ter com homens sem nunca termos trocado uma fotografia aquilo que sabiamos através da troca de mails foi suficiente.

Comigo a «coisa» complicou-se, pois procurava unicamente sexo (mais e melhor que aquele que tinha) e encontrei uma relação, e não foi nada fácil gerir uma vida dupla por tempo indeterminado.

Um beijinho doce para ti, desculpa não me posso identificar por causa da informação pessoal que partilhei para dizer que concordo em absoluto com tudo, há de tudo na net, há muitas coisas «más» mas consegue-se alguma triagem e encontrar muita gente «boa».

Hathor disse...

O melhor sexo da minha vida até hoje foi encontrado na net, o Sh4rKy...
Foi um ano incrível de sexo de 3 em 3 semanas, cometemos loucuras, entreguei-me como nunca.
Apaixonamos-nos mas não conseguimos ter uma relação, tudo em nós era muito explosivo. Ficou a amizade depois do sexo.
Hoje sou recém casada, mas... falta-me algo no sexo.
Sou a pudica que não fui com o Sh4rKy.
Voltei a net, para viver as experiências dos outros na leitura.
Obrigada Xarmus pelo teu blog

xarmus disse...

Olá Luís Coelho... Abraço

xarmus disse...

Olá Violeta

Para além de trocar mails, costumo adicionar os conhecimentos ao meu msn e conversar por lá. As conversas que publico são isso mesmo.

Mas tal como tu, preciso de conhecer as pessoas teclando e conversando, e como se pode ver pelas conversas publicadas, funciona muito melhor para criar vontade de ter um encontro sexual do que engatar um corpo na discoteca.

Não diria que é muito melhor que os preliminares (pelo menos dos meus, hehehe), mas é verdade que vamos mesmo prontinhos para tudo. Tal como tu, também preciso da sedução na conversa.

Em relação à tua vida dupla, lê um post que vou publicar hoje com um link para um video de uma palestra acerca do poliamor... era disso que precisavas para ser uma mulher feliz, e não viveres nessa angustia da vida dupla escondida.

Muito obrigado pelo teu contributo ao tema, e claro que a identificação não é necessária nem desejável. O que interessa mesmo é a partilha de experiências e opiniões.

Beijinho bom para ti

Anónimo disse...

Olá Xarmus,
Ai o bicho papão da Net! Aquele sítio tenebroso onde só há pessoas falsas, más, cruéis e desesperadas.
Antes da Net onde andariam elas?
Todos os dias agradeço a existência da Net. Tenho a oportunidade de conhecer pessoas espantosas que de outra forma nunca cruzariam o meu caminho por causa da limitação geográfica.
Vou conversando e aplicando o crivo que aplicaria cara-a-cara: se é uma pessoa com carácter, com bom coração, retrógrada, fumadora (como disse a violeta :)), mentirosa, etc..
Normalmente as pessoas procuram ter relacionamentos. Na Net passa-se o mesmo. Uns só sexuais - e são honestos quando o declaram. Outros querem encontrar uma companhia para a vida. Outros querem amizades porque se sentem sós.
Há de tudo.
Se me enganam? Não sei.
Cara-a-cara já me enganaram muitas vezes. Olhos nos olhos já me mentiram descaradamente.
A vida não vem com seguro contra todos os riscos.
Apliquem-se as regras do bom senso e o instinto.
Com a Net ganhei a liberdade de ser eu mesma, de me relacionar com várias pessoas, sexualmente ou não. Umas vezes correu bem, outras menos bem. Cresci como pessoa. Ganhei confiança.
Pela sorte de existir a Net, experimento tudo isto sem precisar de me expor a toda uma sociedade de “normais”, cheia de carneiros (que vão no rebanho e nem pensam), falsos moralistas, invejosos e frustrados e sou muito mais tranquila e feliz. Obrigada por contribuires para abrir mentes.

Anónimo disse...

O Engatar na net, é simplesmente mais um exemplo daquilo que negamos à partida sem conhecermos. É fácil julgar essa forma de conhecer pessoas, pois nunca se experimentou. À partida, tanto no mundo virtual como o real, as pessoas só têm aquilo que procuram. Se são enganadas ou não, isso já depende da intenção da outra pessoa ou simplesmente das ilusões que nós mesmos criamos.
Pela Net o misto de curiosidade com o querer conhecer alguém, só por si, torna as coisas muito mais sinceras. E evoluíem inevitavelmente. Já na vida real, há uma hipocrisia do querer parecer bem. Aquela conversa de "no inicio era tudo lindo e maravilhoso só que depois mudou" é exemplo disso. E depois mais hipócrita ainda é as desculpas de "Já passou o encanto..".

Rakel*

Fogo disse...

Post interessante... fiquei com curiosidade em relação ao comentário da Violeta. Será possível manter uma vida dupla? Por quanto tempo? Tenho curiosidade em saber o desfecho da história...

xarmus disse...

Olá Hathor

Fiquei sem perceber se foste ou não com o Sh4rKy.

Se te falta algo no sexo, contacta-me. Não te preocupes pelo facto de seres casada, porque eu não sou ciumento.

Viver as experiências dos outros na leitura também não é mau, mas acredito que teres as tuas próprias aventuras dê mais prazer.

De nada minha querida... és sempre bem-vinda.

Beijocas boas

xarmus disse...

Olá Anónima das 23:07

De facto maior parte das pessoas são mesmo carneiros, e limitam-se a repetir o que ouvem sem nunca terem reflectido acerca dos assuntos. Também são peritos em dizer mal do que não conhecem.

Eu acho que as pessoas que têm essa atitude, não têm coragem para se aventurar na net, e por isso, invejam quem tem.

Beijo

Anónimo disse...

Brincando...

A prova de que engatar na net é ótimo e pode resultar em engates fantásticos é o facto de tu estares 'lá'...

e eu também... (ca ganda convencida! ehehheheh)

Beijos ;)

Maria42

xarmus disse...

Olá Rakel*

É verdade... eu também prefiro as amigas anónimas da net por isso mesmo. As pessoas são mais sinceras e trava-se uma amizade com mais facilidade. Fora da net é só hipocrisia, porque as pessoas se conhecem e têm amigos em comum.

Beijocas boas

xarmus disse...

Olá Fogo... eu não conheço a Violeta e não posso responder por ela, mas é claro que é possível. pelo menos por um determinado tempo. Mas é complicado.

Pelo que percebi da leitura do comentário dela... tem ar de ainda estar nessa situação.

Eu nunca vivi uma vida dupla às escondidas... foi sempre às claras, mas já andei envolvido de forma continuada com mulheres casadas ou com namorados, e elas mantiveram essa vida dupla durante meses, com encontros regulares pelo menos uma vez por semana.

Abraço

xarmus disse...

Olá Maria... Brincando...

Agora é que disseste uma grande berdade.... heheheheheh.

Pelo menos todas as mulheres que se embrulharam comigo e com o gostoso têm essa opinião... que na net se arranja boas quecas... hahahahahaha.

Eu devia ser patrocinado pelo google. hehehehehehe

Um dia destes lanço um desafio às minhas leitoras de longe... patrocinam com 50 euros cada e o xarmus + gostoso, fazem uma tourné por Portugal... de norte a sul. Workshop de sexo. uma hora de teoria e duas de pratica... hehehehehehe

Em relação a seres convencida... nunca ouviste dizer que quem anda com um coxo... coxeia? hehehehehe

Mas sim... és uma boa queca. Se souberem dar-te prazer... levam o troco. Pelo menos eu não me tenho queixado. Faço de ti gato sapato e tu aguentas-te muito bem à bronca.

Beijos ;)

violeta disse...

Respondendo à curiosidade do Fogo:

Eu mantive relacionamentos (meramente) sexuais com vários ao mesmo tempo, um de cada vez, ía encontrar-me com cada um de acordo com a nossa disponibilidade, eu, como vou a reuniões fora do escritório tenho alguma margem de manobra durante o dia e isto tal como diz o xarmus pode durar meses porque a tesão existe e o sexo é bom.

Só com um deles a «coisa» evoluiu para o «sentimento» (bicho feio e assustador) a empatia era boa a todos os níveis.

A vida dupla continua até hoje.
O segundo sabe do primeiro, mas a inversa não é verdadeira, o meu marido não aceitaria (e sim, já se falou disso) partilhar-me.

E sim, xarmus, tu conheces-me, não porque nos tenhamos envolvido mas sabes quem sou.

Um beijinho,
Ana

xarmus disse...

Olá Ana

Assim... não estou a ver quem és, mas pelos vistos não aproveitámos para uma queca bem prazerosa... hehehehe

Beijocas

No Name disse...

Ai está um bom Post! não quero dizer com isto que os outros sejam maus, apenas que foge um pouco do mais comum (deste blog), mas gostei particularmente deste, pois identifico-me bastante com esta situação. Também para mim a net é um mundo fantástico, onde hà de tudo, do bom e do mau mas, que quando é bom... vale a pena e, sendo um homem demasiado timido esta parte da net liberta-me, daquela parte inicial de travar conhecimento com uma mulher e, não me "engasgar", como acontece quando estou frente a frente com uma e, depois disso a conversa flui sem problemas e abre outras portas que iriam ficar fechadas se fosse pessoalmente...

Abraço!

xarmus disse...

Olá No Name

Este post faz parte da secção das reflexões. Se fores a reflexões do lado direito do blog, tens lá mais posts deste género.

Abraço