Seduzir com prazer

Ao criar este blogue, a ideia foi partilhar a minha experiência adquirida ao longo de 15 anos de frequência em sites, chats e redes sociais. Teclei, conversei, conheci muitas pessoas e vivi experiências que foram a vertente prática da minha aprendizagem. A net, com a possibilidade de nos relacionarmos anonimamente, veio trazer novas formas de interagirmos uns com os outros.

O objetivo deste blog é, através da partilha, ajudar a que todos nós compreendamos melhor esta nova realidade, e com isso estimular a reflexão de temas como o amor, o sexo e os relacionamentos em geral. Assim, publicarei algumas histórias por mim vividas, reflexões, informação que ache relevante, históricos de conversas, e algumas fotos sensuais de corpos de mulheres com quem troquei prazer e que tive o privilégio de fotografar. Todos os textos e fotos que vou publicando, não estão por ordem cronológica, e podem ter acontecido nos últimos 15 anos ou nos últimos dias. Todas as fotos e conversas publicadas, têm o consentimento dos intervenientes.

As imagens publicadas neste blogue estão protegidas pelo código do direito de autor, não podendo ser copiadas, alteradas, distribuídas ou utilizadas sem autorização expressa do autor.


1.5.10

R001 Mentiras

Do mesmo modo que há gente que aproveita o anonimato para ser genuíno e não ter que usar a mascara do dia-a-dia, se mostra como realmente é, diz o que pensa sem hipocrisias e não está para fazer fretes dizendo que sim ou que não só para agradar, também há gente que se serve do anonimato para mentir e enganar descaradamente, ou adopta um personagem para conseguir atingir os seus objectivos.

Quem usa esta postura, normalmente não tem nada de bom dentro de si para mostrar, e por isso não se mostra como é mas como gostaria de ser, ou vai transformando o seu personagem ao sabor do que lhe é mais conveniente.

A mentira, a falsidade e a hipocrisia fazem parte do nosso dia-a-dia, e todos nós estamos habituados a conviver com isso, mas na net, essa forma de estar atinge contornos bastante perigosos, principalmente porque são muito difíceis de detectar e porque os efeitos são simplesmente devastadores.

As personagens que cada um encarna, são criadas e testadas ao longo do tempo, e aperfeiçoadas à medida que certos aspectos vão sendo desmascarados. Um gajo inventa um nome bonito, uma profissão pomposa e que seja atraente a uma mulher, um estado civil conveniente, e um enredo à volta da sua vida que lhe permita manter afastadas da sua vida privada as possíveis pretendentes. Se alguma coisa falhar com uma namorada ou amiga colorida, na próxima esse aspecto já está corrigido. Ao fim de dez namoradas, a personagem está suficientemente testada, e é muito difícil alguém conseguir detectar falhas ou incoerências no enredo que lhe é apresentado. Tudo bate certo, e há respostas na ponta da língua para qualquer questão que se lhes ponha.

Outro factor que torna a mentira e a falsidade muito fáceis de praticar na net, é que enquanto na vida real uma pessoa que engana outra tem que viver com a vergonha de ter sido desmascarado, e encarar as pessoas que enganou, na net, caso as coisas corram mal, o salafrário só tem desaparecer de vez e nunca mais ninguém lhe põe a vista em cima. Muitas vezes nem sequer chega a ser confrontado com a mentira, porque desaparece antes de rebentar a bronca.

Se há homens que optam pela mentira para conseguirem os seus objectivos, também algumas mulheres que estão interessadas em arranjar um namoro com continuidade ou mesmo um companheiro para viverem ou casarem, mentem em relação ao seu passado recente.

Enquanto as mulheres que vivem sozinhas e assim querem continuar, assumem os namoros ou amigos coloridos que tiveram ou ainda têm, as que pretendem um relacionamento continuado contam uma história bem diferente. Como a ideia é arranjarem um relacionamento fixo, e sabendo que a generalidade dos homens não gosta de mulheres muito usadas para suas companheiras e mãe dos seus filhos, não arriscam prejudicar um possível relacionamento com alguém por quem estão interessadas, e escondem a quantidade de relacionamentos que têm tido desde que estão separadas.

A história é muito semelhante de umas para as outras. Estão separadas há determinado tempo, e desde aí até agora nunca tiveram com mais nenhum homem, porque ainda estão muito magoadas com a separação ou ainda não encontraram alguém que lhes interessasse conhecer, e o interlocutor é sempre o primeiro homem pelo qual elas se mostram interessadas em marcar um encontro. Dizem que não procuram sexo na net e que não são mulheres de quecas, mas não excluem a hipótese de um relacionamento mais íntimo caso o interlocutor lhes desperte interesse nesse sentido.

Mas para se perceber melhor as razões e as vantagens de se mentir a coberto do anonimato, e as consequentes desvantagens para quem é enganado, nada melhor que contar algumas historias vividas por amigas minhas e que fui acompanhando à medida que se desenrolavam. (ler H003 e H004)


(ler H003 Viver à conta e H004 Mentiras perigosas)

xarmus

1 comentário:

Anónimo disse...

Concordo contigo inteiramente!

The Hunter